terça-feira, 1 de agosto de 2017

Lucrei Muito Sendo Simpático



De uns anos pra cá venho percebendo que ser simpático com as pessoas tem um efeito bem positivo no lado financeiro. Primeiramente as pessoas se abrem mais pra quem age assim e acabam cedendo em muitas coisas. E também o fato de que você acaba fazendo amizades das quais podem surgir ótimas oportunidades no futuro.
Sendo assim, aqui está um post contando os casos em que realmente eu lucrei por simplesmente ser simpático com alguém.

Sempre fui muito fechado durante a adolescência, talvez os hormônios, ou frescura mesmo. Quando comecei minha vida profissional eu comecei interagir mais. Ainda na faculdade eu li um livro sobre linguagem corporal, e pude perceber como o nosso agir tinha  influência nas pessoas. Isso me deixou intrigado. Eu também comecei assistir séries e filmes, e uns dos que eu mais gostava eram aqueles que envolvia certa persuasão.

No filme Prenda-me se For Capaz, com Leonardo DiCaprio e Tom Hanks, quem assistiu sabe que o moleque era muito esperto pra persuadir as pessoas a sua volta, conseguindo com isso ludibriar até os mais difíceis de serem enganados.
Porém ele usava essa "técnica" aprendida com o pai para aplicar golpes, se passar por profissionais diplomados como advogado, médico e até piloto de avião!

Mas algo que me intriga até hoje é ver como as pessoas se abrem à simpatia, como mostrado no filme. Daí eu fui deixando de ser tão isolado na minha e comecei tentando ser simpático com todo mundo, mas com o propósito certo, ao contrário do personagem do DiCaprio, pra ver o que acontecia. E o resultado tem sido surpreendente!

Além de fazer várias novas amizades, criar novos contatos, aumentar a rede de relacionamento, já consegui mega descontos em produtos, refeições (até já me dispensaram de pagar), já consegui entrar em locais depois de passar a hora. Sempre que alguém diz "não pode", "não dá", "isso é difícil pra ser feito", e eu entro com a simpatia em ação. Mesmo com a pessoa mais 'cara fechada' que seja. Ainda que não consiga, pelo menos a pessoa vai se esforçar ao máximo pra tentar te ajudar!

No restaurante que sempre peço minhas refeições, eu procuro ser simpático sempre, não só quando ligo pedindo, mas principalmente quando vou lá pessoalmente. Eu sempre peço algo "a mais", não incluso normalmente, e eles dão com a maior satisfação. Pessoas que eu não conhecia, já fiz amizade rapidamente sendo simpático, e já colho frutos.

IMPORTANTE
Que ninguém ache que faço isso tudo por interesse, vai muito além. Você conhece pessoas, faz amizades, cria laços, isso é muito importante.
Mas o efeito financeiro é real. Então, se de algo bom, que você se sente bem, ainda colher algum retorno financeiro, é bem vindo.

E é dessa parte de que estou falando nesse post.

No ambiente de trabalho, sendo simpático, solícito, aberto pra ouvir as pessoas, você acaba caindo na graça da chefia. Conseguindo promoções, aumento de salário, bons locais pra trabalhar, tarefas melhores, menos pressão do chefe. São inúmeros benefícios. E se você for chefe, vai conseguir a empatia dos funcionários, fazendo-os renderem mais, vai melhorar a visão que o seu cliente tem de seu negócio, enfim, benefícios da simpatia.

Imagine o contrário, aquela pessoa fechada, que praticamente não sorri, não dá bom dia, não conversa com os outros, não ouve, ignora os problemas dos outros ao redor, não consegue nem dizer obrigado para um caixa de supermercado, só porque ele ""está apenas cumprindo a obrigação!""
Alguém assim está perdendo tamanhas oportunidades. Fora que todo mundo vai achar você super chato!

"Ah cara, esse é meu jeito, me aceite quem quiser. Quem não quiser, tô nem aí! Não vou mudar só porque as pessoas, a convenção social, ou o bom senso dizem pra fazer!"

Só tenho uma coisa a dizer gafanhoto, quem sai perdendo é você. Muito dificilmente virão boas oportunidades pra quem se isola no mundo, e é mais frio que freezer no Alaska.


Não é pra fingir, é pra se interessar realmente.
Ser atencioso, bom ouvinte, uma pessoa que transmite positividade.

Não é pra ser falso! Pois isso é pior que ser uma pessoa fechada. Em algum momento vão descobrir a falsidade, e as coisas vão sair muito pior pra quem tentou agir assim apenas pra manipular!

Estou falando de ser verdadeiramente uma pessoa simpática, extrovertida, alegre, de bem com a vida, que se interessa pelos outros!

OK?!!

"Diário, e como conseguir ser mais simpático pra conseguir esses desconto tudo aí?"

Algumas dicas que eu dou e que funcionaram e ainda funcionam muito bem são:

- Sempre trate as pessoas com máxima cordialidade, sorrindo sempre e olhando no olhos. Bom dia.. Boa tarde.. Boa noite.. Obrigado.. Não há de quê.. mesmo pras pessoas e situações mais simples possíveis.
Pagou a caixa do supermercado? Agradeça e deseje que tenha um bom trabalho. Vai a alguma loja? Além disso que falei acima, puxe assunto, fale sobre o clima, sobre o produto que tá comprando, ACEITE o cafezinho ou a água que oferecem.
PEGUE a porcaria do panfleto, olhe pra pessoa, sorria e agradeça. Deixar o entregador no vácuo deixa uma péssima sensação, não só pra ele, mas também pra quem estiver a sua volta vendo. Mesmo que você jogue o panfleto no lixo mais à frente.
Mesmo as pessoas mais carrancudas e fechadas são capazes de se abrir se você chegar com toda HUMILDADE e simpatia possível!


<<< Será que uma pessoa assim vai conseguir a boa vontade de alguém??



Ou será que sorrindo é mais fácil?? >>>










- Se você não conhece a pessoa, e tem pouco ou quase nenhum contato, não pergunte o nome, chame apenas por moço/moça, senhor/senhora.
Uma dica excelente é chamar de "moça" mesmo àquelas que aparentam ter uns 40 a 60 anos e você vê que querem aparentar ser mais novas. Deixe o "senhora" para aquelas que já se assumiram como tal.
Isso tem um poder persuasivo GIGANTESCO, pode acreditar. Você vai ficar muito bem na fita com a pessoa.

Agora se você sabe que vai interagir constantemente com alguém, aí sim, pergunte o seu nome, e só trate a pessoa por ele a partir de agora. TRATE DE NÃO ESQUECER, pois isso é pior que não ter perguntado. Nem que você tenha que anotar.

Essa dica do nome, somada àquela da cordialidade, tem 99% de chance de deixar a pessoa TOTALMENTE confortável e acessível. Quer elevar esse índice pra 110%? Ouça o que quer que essa pessoa tenha a dizer, e MOSTRE INTERESSE, você vai ver mais portas se abrirem do que corrida de cavalo quando dá a largada.


Portas se abrindo quando alguém deixa de ser fechado e passa a ser mais simpático.

A partir desse momento, sempre que você vir aquela pessoa, chame-a pelo nome, e lembre do que ela conversou com você! Pergunte como ficou a situação que ela te contou.

Isso é extremamente útil para ter acesso à pessoa.

Se você chegar a esse nível, terá uma ponte gigantesca com a pessoa.

Exemplo, teve uma época em que eu vendia perfumes de porta em porta. Todos os que eu abordava e fidelizava, eu procurava memorizar os principais pontos de qualquer coisa que me contassem. E nas próximas visitas eu sempre puxava assunto pelo que ela disse da última vez. Era infalível, sempre saía com mais vendas feitas.

Outro exemplo, com os flanelinhas na rua. Ao estacionar, quando vou sair sempre dou algumas moedinhas, 20, 30, ou, quando muito, 50 centavos. Geralmente eles não gostam de receber tão pouco, mas quando dou as moedinhas com uma boa dose de simpatia e dizendo "da próxima vez te dou novamente", o semblante deles muda. Podem não ficar alegres, mas pelo menos não vão riscar seu carro, porque verão sua boa vontade.
Simpatia amigo, simpatia!

"POR QUE ISSO ACONTECE, DIÁRIO?"

É simples. O mundo está tão violento, tão corrido, tão ativo, com as pessoas se isolando cada vez mais em seus carros, apartamentos, se isolando em suas vidas, é comum que haja uma eterna desconfiança com o próximo.
Então, quando se vê alguém educado, cordial, gentil, interessado em nos ouvir, pronto a ajudar, colocamos pra fora toda nossa vontade reprimida de interagir, de confiar, de ajudar, que acaba acontecendo tudo isso que falei.

Diante disso, cabe a você decidir se quer ser uma pessoa simpática ou alguém fechado e isolado, tão determinado à atingir a IF que se esquece das pessoas!

Saiba que agir de forma simpática pode te ajudar a chegar lá mais rápido.

E aí? Gostou? Já teve alguma experiência assim?

Depois eu vou fazer um post só sobre linguagem corporal e persuasão, e como isso de fato funciona ;)
Wait for it!

Abraço a todos! :D

10 comentários:

  1. Excelente post, muitas verdades!

    Me lembrou as lições do excelente livro "Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas" de Dale Carnegie.

    Tem até uma situação engraçada que aconteceu comigo na época que eu trabalhava em banco. Tinha um senhor que ia todo mês na agência e já chegava fazendo a maior confusão (embora não tivesse razão). Por algumas oportunidades travei uma batalha de argumentos com ele e o papo sempre acabava indo parar na minha gerente.

    Até que eu descobri informações pessoais dele: que ele tinha um negócio e que a filha dela também trabalhava no mesmo banco que eu. Então toda vez que eu ia o atender, antes de mais nada já o cumprimentava com simpatia (chamando-o pelo nome) e perguntava pelo negócio e pela filha dele. Isso desmontava o véio na hora.

    Depois disso passei a conseguir resolver muito facilmente as situações com ele, sem stress e sem levar discussão para a gerência.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba Ministro, que exemplo! Com certeza você ganhou muitos pontos com esse senhor, com a filha dele, e evitou inúmeras discussões. Ótimo exemplo.

      Pois é, o livro que você mencionou tem ótimas dicas. E na prática podemos ver como essas técnicas são úteis.

      Dei uma passada no seu blog e gostei bastante. Vou te adicionar aqui na blogroll, pra poder acompanhar. Sou iniciante na blogosfera, estou conhecendo a galera agora.

      Forte abraço ;)

      Excluir
  2. Excelente post

    O livro que o Ministro citou no comentário eu já o li. Por sinal é muito bom.

    Você tem razão no que falou. Eu converso com todo mundo. Bato papo com os porteiros, o pessoal do trabalho que lava os banheiros, as copeiras, etc.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Cowboy. Cara, isso que você faz é excelente. Pessoas que muita gente ignora, devem ser mais bem tratadas.
      Também faço isso, e tem sido fundamental.

      Lembrou-me de uma copeira de uma clínica que eu vou sempre. Quando vou lá, e a encontro e converso com ela, ela sempre está disposta, me oferece os melhores cafés, e sempre tem uma história legal pra contar!

      Valeu e forte abraço ;)

      Excluir
  3. Excelente post D.F.O!

    Cara isso me fez lembrar da minha mulher. Ela sempre me chama de moeda de 1 real, pq dificilmente passo despercebido nos lugares.

    E isso um dia a ajudou. Ela precisava de um xerox, fomos até uma loja onde eu já havia consumido seus produtos e tinha feito amizades lá. Dai eles tiraram o xerox pra ela de grátis.

    Foi engraçado a cara dela ao ver os caras não querendo receber kkk

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí Inglês, blz.

      O legal é isso, essa rede de relacionamentos, e as outras pessoas verem o quanto você é querido! hehehe

      Falando em loja, rapaz, hoje, na minha cidade, já não falta lugar se eu quiser um simples cafezinho, xerox, usar o banheiro, entre outras coisas. Muito bom ver as pessoas se abrindo e querendo ajudar :D

      "moeda de 1 real" kkkkkkkkk

      Essa foi boa! :P

      Valeu!

      Excluir
  4. Muito bom.
    Escrevi um post sobre isso.
    E na verdade sob um prisma trata-se de "manipular ou ser manipulado", como num jogo de soma zero. Ou seja, obrigatoriamente vc está de um lado. E aí, de que lado vc está?
    Abraco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Investidor Mineiro, via sua postagem mencionada e, realmente, é algo que acontece bastante!

      Te adicionei na minha blogroll.

      Forte abraço e obrigado pela visita! ;)

      Excluir
  5. Olá, Diário!

    Eu tenho que ser simpática no meu trabalho e tem situação que é por OBRIGAÇÃO mesmo porque tem gente que só Deus... mas em linhas gerais, no dia-a-dia, se não sou simpática, sou pelo menos educada.

    Eu adoro "Prenda-me se for capaz", o carisma do Abagnale é irresistível. Mas vamos nos lembrar de que psicopatas costumam ser extremamente carismáticos e simpáticos hahaha (não estou dizendo que é o caso do cara do filme!)

    Um abraço :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo Jacque, tem certas pessoas que só Deus na causa. Tão difíceis de se relacionar que dá certo pavor só de chegar perto hehe

      Pra essas eu preciso de uma estratégia bem segura.

      Em certos locais de trabalho eu acho que é o lugar mais propício pra treinar a simpatia, porque querendo ou não, tem que ser simpático.

      Esse filme tá na minha Top 10 dos melhores filmes hehe

      Abraços :)

      Diário

      Excluir

Entremeios

Estou há um tempinho sem postar nada, e tava meio desanimado em escrever qualquer coisa. Mas aí, sempre acompanhando a blogosfera, e o blog...