sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Entremeios

Estou há um tempinho sem postar nada, e tava meio desanimado em escrever qualquer coisa.
Mas aí, sempre acompanhando a blogosfera, e o blogger, eu vi que o blog ainda tem visitas diárias, e muitas! Isso me deixou intrigado...

Então decidi voltar a postar. Afinal é um hobby, e que pode ajudar algumas pessoas, especialmente aquelas que se veem na situação que eu me encontrava antes de virar um poupador.

Tenho boas ideias para ótimos posts, aos poucos vou compartilhando.

Me desculpem o tempo parado, acho que é normal, principalmente no início de um blog.
Mas não quero ser como muitos outros que iniciam e param no meio da caminhada.

A busca da independência financeira continua, cada dia mais vejo oportunidades de economizar (já que por enquanto não tenho em mente investir pesado agora, só depois de quitar as dívidas).

Por exemplo, a TIM divulgou um novo pacote bem legal, e eu pude trocar de plano, pra um melhor, e pagar mais barato. Fiz isso pros outros números de casa também.
Legal é ver a atendente dizendo que: "o plano seria trocado automaticamente..."



Conversa fiada, eles só baixam o preço quando você LIGA, ou então AMEAÇA CANCELAR!

E isso é uma baita sacanagem. Se você não se ligar você fica meses, anos pagando mais por um serviço quando poderia tá pagando bem menos!


Também to lutando contra a conta de energia, essa é difícil de diminuir.
Já parei com banhos quentes, estou trocando as lâmpadas de casa por LED, e desligando aparelhos da tomada sempre que não sarão utilizados. Vamos ver no que vai dar, cena para os próximos capítulos.

O carro tá com um probleminha, fica vazando água, mas quase não molha em baixo. Segundo o mecânico, pode ser junta do cabeçote, aí tem que fazer retífica, e não vai sair por menos de 700,00 conto!

Minha reação ao receber a notícia do conserto do carro...


E lá se vai uma partezinha das minhas economias pra pagar os empréstimos...
Mas quem tem carro sabe que é assim mesmo. Difícil é ficar sem.
Vou ter que ficar de carro emprestado enquanto isso. Fazer o quê. Graças a Deus tenho quem empreste!

Ah, essa tenho que contar... Eu meio que sou um bezerro, tomo leite pra valer... Compro tanto leite que já me sugeriram comprar uma vaca pra economizar... Seria uma boa ideia, só se fosse SEM LACTOSE! Porque quem tem intolerância sofre!
Teriam que inventar um injeção de enzima Lactase pra colocar nas vaquinhas pra elas darem só leite ZERO LACTOSE!

"Whaaaat???..."

Aí, descobri que mesmo tomando sem lactose, o leite tá me fazendo mal!!!
E não só na digestão, parece que o negócio afeta até a respiração, estou buscando mais informações sobre isso. Mas por agora, menos cerca de R$ 100,00 de despesas com isso! Pelo menos.

Ah, o médico me oferecendo um exame de flora bacteriana intestinal (que o plano não cobre) por R$ 250,00 temers!

"Obrigado, Doutor."


Outra coisa, evitem fazer compras nos mercados no dia 01 do mês. Esse mês pude constatar uma baixa brusca do dia 01 pro dia 02 em vááááários itens! Detalhe, dia 01 o supermercado fica LOTADO.

Nesse mesmo supermercado descobri que o cafezinho é grátis, hehehe
E não é só o cafézinho, é o café do restaurante, ou seja, você pode colocar chocolate, leite, e fazer um belo capucchino, GRÁTIS!

- "Olá moça, bom dia, vim fazer umas compras e deu vontade de tomar um café..."
- "Pode entrar senhor, é cortesia"

- "Supermercado, prepare-se..."


Por hoje é só pessoal. Espero estar mais animado pra postar mais histórias, causos e dicas por aqui sempre...

Quem quiser comentar, fique à vontade!

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Minha Trajetória na Matrix e Fechamento de Julho Positivo

Estou bastante feliz por ter fechado mais um mês no azul.

AÊÊÊÊÊÊÊÊ!

UHUUUUUU!

É sério!

Não fechar no negativo (gastando menos do que ganhei) pode parecer tão simples pra 115,23% dos membros da blogosfera! Mas pra mim, que sempre, SEMPRE, SEMPRE ficava no negativo, gastando mais do que ganhava, minguando TODO mês, é uma conquista bem importante!

AHHHHH!



Desculpem a explosão, hehehehehe

Aplicando métodos consistentes de economia...
Explicados no blog, venho conseguindo POUPAR de verdade hehe

Cada mês que passa, consigo baixar ainda mais minhas despesas. Dá pra ver então como eram incrivelmente altas. Eu chegava a gastar com alimentação quase R$ 2000,00 (isso mesmo, colegas, 2000 absurdos de reais!) com ALIMENTAÇÃO (Pois é...)

Tudo começou quando eu morava fora de meu estado, mas também mantinha uma casa na minha terra, e mantinha também a casa de meus pais... e queria ter um padrão de vida como se eu só tivesse uma casa! Queria morar bem, comprar ótimos eletrodomésticos para casa (eu tinha DOIS ar-condicionados!), minha conta de energia vinha mais de 300 reais, só queria fazer mercado nos melhores e mais chiques da cidade, gastava horrores com saidinhas e passeios, comprei carro sem poder, viagens e mais viagens de avião pra visitar a família... e por aí vai.
Quando o salário não dava... CARTÃO;
Quando chegava a fatura... CHEQUE ESPECIAL;
Salário entrava... só dava pra cobrir o rombo;
E as despesas do mês? MAIS CARTÃO.

Até que eu descobri uma manobra muito ""legal"", o banco me permitia pagar a fatura de um cartão...


...com outro cartão!!!



Meu argumento pra isso: "Ah, vou juntar muitas milhas, e no final vai compensar!"

Não compensou


Quando não tinha mais cartão pra pagar os cartões... Recorri a outra ferramenta muito """útil""", o empréstimo consignado, direto no contra-cheque.
Pra pagar as dívidas com juros mais altos e poder me equilibrar, SQN.
Continuei gastando mais do que ganhava.

Agora imaginem a situação da pessoa aqui: Cheio de dívida, por que? Por gastar mais do que ganhava, pois o salário não era suficiente para cobrir minhas despesas. Qual a solução que eu achei que seria boa? Diminuir o salário, isso mesmo!!! Essa vai pros melhores momentos do "Bola Murcha da Blogosfera!"

Foi tanto consignado que eu já era cliente VIP da financeira!

    <<< Se você vir alguém com uma dessas... já sabe!


Só não fazia mais empréstimos, porque a margem consignável já tava no limite!!!

Uma hora a bomba ia explodir...



E imaginem só...  explodiu bonito!

Contas atrasadas, sem dinheiro pra pagar.... fui forçado a negociar TUUUDO, diminuir as despesas, e finalmente tomar a decisão correta, como diria Robert T. Kiyosaki: Percebi o buraco, e PAREI DE CAVAR.

Vendi o carro, comprei um usado bem antigo, só pra não ficar a pé, e usei a diferença pra quitar algumas dívidas. Negociei outras. Fui literalmente forçado a abrir mão do estilo de vida legal que eu tinha, e me acostumar ao novo padrão de vida. Mas foi necessário. Continuei ajudando minha família, pois isso era, e é, essencial. Desci apenas o meu padrão, e fiz alguns ajustes nas ajudas.

Mas ainda eu atuava de forma modesta, pois TODO mês ficava no negativo, bem menos que antes, mas ainda ficava. Os consignados foram meu ponto fraco, pois não tinha como quitá-los antes do tempo, e sem o salário completo ficava mais difícil de me manter e retomar a vida financeira.

Durante os últimos 4 anos eu fiquei em banho maria, esperando os consignados acabarem. Nesse tempo eu comecei buscar alternativas, estudar meios de melhorar de vida. No início comecei estudando pra outro concurso, pra poder recuperar o antigo padrão de vida, e poder o quê?? Gastar mais!

Raios de Lei de Parkinson!

Voltar pra Matrix não funciona... que o diga o Cypher.



Com o tempo eu fui vendo e aprendendo que o certo não era melhorar a renda pra gastar mais, eu deveria começar aprendendo viver com menos. E continuar tentando melhorar a renda sim, mas agora pra melhorar os aportes. E aqui nos blogs eu pude ter um bom aprendizado de vida frugal.

Agora vocês entendem minha comemoração ao terminar mais um mês bem positivo. Pois estou conseguindo poupar cerca de 15% da minha renda! Pra quem estava naquela situação, é um baita resultado, e eu queria divulgar aqui, pra incentivar todas aquelas pessoas que estejam passando por algo parecido.

É possível sair dessa Matrix, e passar a controlar bem suas finanças!


Ainda faltam 2 consignados, mas esses eu vou ter o PRAZER de quitar antes do tempo, e deixar de pagar juros pra banco! Eu ainda tinha o pensamento de investir esse dinheiro poupado, mas depois de alguns cálculos, eu vi que seria um "rendimento" muito melhor quitar os empréstimos, já que eles têm juros em torno de 2 a 3% ao mês, e qualquer investidor consistente sabe que isso é um BAITA rendimento!

Etapas a serem seguidas:
1- Continuar diminuindo despesas
2 -Quitar os consignados restantes
3- Montar o colchão de emergência
4- Iniciar na Renda Fixa
5- Aportar na Renda Variável de 20 a 30%
6- Ser consistente
7- Atingir a Independência Financeira

Se Deus quiser, atingirei essas metas e registrarei aqui nesse DIÁRIO o andamento, e as histórias durante essa caminhada.

Espero que tenham gostado desse relato.

Abraço pra todos.


terça-feira, 1 de agosto de 2017

Lucrei Muito Sendo Simpático



De uns anos pra cá venho percebendo que ser simpático com as pessoas tem um efeito bem positivo no lado financeiro. Primeiramente as pessoas se abrem mais pra quem age assim e acabam cedendo em muitas coisas. E também o fato de que você acaba fazendo amizades das quais podem surgir ótimas oportunidades no futuro.
Sendo assim, aqui está um post contando os casos em que realmente eu lucrei por simplesmente ser simpático com alguém.

Sempre fui muito fechado durante a adolescência, talvez os hormônios, ou frescura mesmo. Quando comecei minha vida profissional eu comecei interagir mais. Ainda na faculdade eu li um livro sobre linguagem corporal, e pude perceber como o nosso agir tinha  influência nas pessoas. Isso me deixou intrigado. Eu também comecei assistir séries e filmes, e uns dos que eu mais gostava eram aqueles que envolvia certa persuasão.

No filme Prenda-me se For Capaz, com Leonardo DiCaprio e Tom Hanks, quem assistiu sabe que o moleque era muito esperto pra persuadir as pessoas a sua volta, conseguindo com isso ludibriar até os mais difíceis de serem enganados.
Porém ele usava essa "técnica" aprendida com o pai para aplicar golpes, se passar por profissionais diplomados como advogado, médico e até piloto de avião!

Mas algo que me intriga até hoje é ver como as pessoas se abrem à simpatia, como mostrado no filme. Daí eu fui deixando de ser tão isolado na minha e comecei tentando ser simpático com todo mundo, mas com o propósito certo, ao contrário do personagem do DiCaprio, pra ver o que acontecia. E o resultado tem sido surpreendente!

Além de fazer várias novas amizades, criar novos contatos, aumentar a rede de relacionamento, já consegui mega descontos em produtos, refeições (até já me dispensaram de pagar), já consegui entrar em locais depois de passar a hora. Sempre que alguém diz "não pode", "não dá", "isso é difícil pra ser feito", e eu entro com a simpatia em ação. Mesmo com a pessoa mais 'cara fechada' que seja. Ainda que não consiga, pelo menos a pessoa vai se esforçar ao máximo pra tentar te ajudar!

No restaurante que sempre peço minhas refeições, eu procuro ser simpático sempre, não só quando ligo pedindo, mas principalmente quando vou lá pessoalmente. Eu sempre peço algo "a mais", não incluso normalmente, e eles dão com a maior satisfação. Pessoas que eu não conhecia, já fiz amizade rapidamente sendo simpático, e já colho frutos.

IMPORTANTE
Que ninguém ache que faço isso tudo por interesse, vai muito além. Você conhece pessoas, faz amizades, cria laços, isso é muito importante.
Mas o efeito financeiro é real. Então, se de algo bom, que você se sente bem, ainda colher algum retorno financeiro, é bem vindo.

E é dessa parte de que estou falando nesse post.

No ambiente de trabalho, sendo simpático, solícito, aberto pra ouvir as pessoas, você acaba caindo na graça da chefia. Conseguindo promoções, aumento de salário, bons locais pra trabalhar, tarefas melhores, menos pressão do chefe. São inúmeros benefícios. E se você for chefe, vai conseguir a empatia dos funcionários, fazendo-os renderem mais, vai melhorar a visão que o seu cliente tem de seu negócio, enfim, benefícios da simpatia.

Imagine o contrário, aquela pessoa fechada, que praticamente não sorri, não dá bom dia, não conversa com os outros, não ouve, ignora os problemas dos outros ao redor, não consegue nem dizer obrigado para um caixa de supermercado, só porque ele ""está apenas cumprindo a obrigação!""
Alguém assim está perdendo tamanhas oportunidades. Fora que todo mundo vai achar você super chato!

"Ah cara, esse é meu jeito, me aceite quem quiser. Quem não quiser, tô nem aí! Não vou mudar só porque as pessoas, a convenção social, ou o bom senso dizem pra fazer!"

Só tenho uma coisa a dizer gafanhoto, quem sai perdendo é você. Muito dificilmente virão boas oportunidades pra quem se isola no mundo, e é mais frio que freezer no Alaska.


Não é pra fingir, é pra se interessar realmente.
Ser atencioso, bom ouvinte, uma pessoa que transmite positividade.

Não é pra ser falso! Pois isso é pior que ser uma pessoa fechada. Em algum momento vão descobrir a falsidade, e as coisas vão sair muito pior pra quem tentou agir assim apenas pra manipular!

Estou falando de ser verdadeiramente uma pessoa simpática, extrovertida, alegre, de bem com a vida, que se interessa pelos outros!

OK?!!

"Diário, e como conseguir ser mais simpático pra conseguir esses desconto tudo aí?"

Algumas dicas que eu dou e que funcionaram e ainda funcionam muito bem são:

- Sempre trate as pessoas com máxima cordialidade, sorrindo sempre e olhando no olhos. Bom dia.. Boa tarde.. Boa noite.. Obrigado.. Não há de quê.. mesmo pras pessoas e situações mais simples possíveis.
Pagou a caixa do supermercado? Agradeça e deseje que tenha um bom trabalho. Vai a alguma loja? Além disso que falei acima, puxe assunto, fale sobre o clima, sobre o produto que tá comprando, ACEITE o cafezinho ou a água que oferecem.
PEGUE a porcaria do panfleto, olhe pra pessoa, sorria e agradeça. Deixar o entregador no vácuo deixa uma péssima sensação, não só pra ele, mas também pra quem estiver a sua volta vendo. Mesmo que você jogue o panfleto no lixo mais à frente.
Mesmo as pessoas mais carrancudas e fechadas são capazes de se abrir se você chegar com toda HUMILDADE e simpatia possível!


<<< Será que uma pessoa assim vai conseguir a boa vontade de alguém??



Ou será que sorrindo é mais fácil?? >>>










- Se você não conhece a pessoa, e tem pouco ou quase nenhum contato, não pergunte o nome, chame apenas por moço/moça, senhor/senhora.
Uma dica excelente é chamar de "moça" mesmo àquelas que aparentam ter uns 40 a 60 anos e você vê que querem aparentar ser mais novas. Deixe o "senhora" para aquelas que já se assumiram como tal.
Isso tem um poder persuasivo GIGANTESCO, pode acreditar. Você vai ficar muito bem na fita com a pessoa.

Agora se você sabe que vai interagir constantemente com alguém, aí sim, pergunte o seu nome, e só trate a pessoa por ele a partir de agora. TRATE DE NÃO ESQUECER, pois isso é pior que não ter perguntado. Nem que você tenha que anotar.

Essa dica do nome, somada àquela da cordialidade, tem 99% de chance de deixar a pessoa TOTALMENTE confortável e acessível. Quer elevar esse índice pra 110%? Ouça o que quer que essa pessoa tenha a dizer, e MOSTRE INTERESSE, você vai ver mais portas se abrirem do que corrida de cavalo quando dá a largada.


Portas se abrindo quando alguém deixa de ser fechado e passa a ser mais simpático.

A partir desse momento, sempre que você vir aquela pessoa, chame-a pelo nome, e lembre do que ela conversou com você! Pergunte como ficou a situação que ela te contou.

Isso é extremamente útil para ter acesso à pessoa.

Se você chegar a esse nível, terá uma ponte gigantesca com a pessoa.

Exemplo, teve uma época em que eu vendia perfumes de porta em porta. Todos os que eu abordava e fidelizava, eu procurava memorizar os principais pontos de qualquer coisa que me contassem. E nas próximas visitas eu sempre puxava assunto pelo que ela disse da última vez. Era infalível, sempre saía com mais vendas feitas.

Outro exemplo, com os flanelinhas na rua. Ao estacionar, quando vou sair sempre dou algumas moedinhas, 20, 30, ou, quando muito, 50 centavos. Geralmente eles não gostam de receber tão pouco, mas quando dou as moedinhas com uma boa dose de simpatia e dizendo "da próxima vez te dou novamente", o semblante deles muda. Podem não ficar alegres, mas pelo menos não vão riscar seu carro, porque verão sua boa vontade.
Simpatia amigo, simpatia!

"POR QUE ISSO ACONTECE, DIÁRIO?"

É simples. O mundo está tão violento, tão corrido, tão ativo, com as pessoas se isolando cada vez mais em seus carros, apartamentos, se isolando em suas vidas, é comum que haja uma eterna desconfiança com o próximo.
Então, quando se vê alguém educado, cordial, gentil, interessado em nos ouvir, pronto a ajudar, colocamos pra fora toda nossa vontade reprimida de interagir, de confiar, de ajudar, que acaba acontecendo tudo isso que falei.

Diante disso, cabe a você decidir se quer ser uma pessoa simpática ou alguém fechado e isolado, tão determinado à atingir a IF que se esquece das pessoas!

Saiba que agir de forma simpática pode te ajudar a chegar lá mais rápido.

E aí? Gostou? Já teve alguma experiência assim?

Depois eu vou fazer um post só sobre linguagem corporal e persuasão, e como isso de fato funciona ;)
Wait for it!

Abraço a todos! :D

Entremeios

Estou há um tempinho sem postar nada, e tava meio desanimado em escrever qualquer coisa. Mas aí, sempre acompanhando a blogosfera, e o blog...